BENFICA FUTEBOL CLUBE

O Benfica Esporte Clube foi fundado em 20 de outubro de 1987, por um grupo de amigos que sempre jogaram juntos, mas não tinha uma identidade esportiva, a partir daquele dia decidiram montar uma equipe. Os jovens percussores foram: Paulinho (Paulo Henrique Machado Ribeiro), Bi (Admilson), Toe Potência (Antônio) e Dene (Denilton José dos Santos), que de uma grande amizade montariam aquele que seria no futuro a maior equipe do futebol de nosso município.

O começo foi talvez o momento mais difícil: Escolher os atletas; conseguir uniformes; criar um nome, feita essa primeira parte começou a pesquisa pelo nome, que ao contrário de que muitos pensam, não foi imitação do Benfica de Portugal e, sim por um fato inusitado, um determinado instante estava estacionado de frente aos jovens, um caminhão baú azul e branco com o nome (Benfica) caminhão de entrega de doces. Daí a inspiração para o nome.

Em seguida começou o processo para adquirir o uniforme. Após recorrer a políticos da época, dos comerciantes e, principalmente ao (Posto Ribeiro) que foi o homenageado através do uniforme, as cores azul e branco tornaram a marca registrada do uniforme que se tornou o “manto sagrado” do Benfica.

O time estava montado, porém faltava um comandante, resolveu se convidar Gilson “Perninha” que residia temporariamente em Barra da Estiva. Ao seu comando foram realizados dois amistosos, mas, porém por ironia do destino antes que acontecesse a partida inaugural do Benfica o treinador teve que ir para a sua terra natal, acometido de problemas familiares. Em seu lugar foi convidado “Zé” (hoje Zé do pastel) que já vinha acompanhando o time durante os treinos. A primeira partida oficial se deu em Ituaçu em Dezembro do corrente ano de sua fundação. O resultado do jogo foi um empate de 2 x 2 contra o juvenil do Judão de ituaçu. A equipe do Benfica era assim composta: Bi, Janiedes, Paulinho, Niniu, Dene, Zé cocão, Demar, Fernando, Toe Potência, Carlinhos, Zenildo, Som Martins, Néu e Aurisio. O crescimento e amadurecimento era questão de tempo, como os jovens não estavam dispostos a esperar, aceleraram esse processo. Foi quando através de um convite surgiu Nil, o novo comandante daquela equipe, e com ele surgiram as grandes conquistas.

O técnico Nil trouxe consistência e maturidade necessária para aquela equipe de jovens. Muitos jogadores surgiram e até se chegar a equipe ideal, um time capaz de enfrentar os seus adversários de igual para igual e, diga-se de passagem foram tantos, que seria difícil enumerá-los.