EXPRESSÕES POPULARES BRASILEIRAS

EXPRESSÕES  POPULARES  BRASILEIRAS

  • 20 ver, 100 querer. (01) (Bras-net, SP)
  • 60 no bar, 70 sair, 100 pagar, eu mando a polícia 20 te buscar. (02) (Bras-net, RJ)
  • 70 me passar, passa, mas 100 atrapalhar. (03) (Bras-net, RJ)
  • A água corre para o mar. (RJ)
  • A água dá, a água leva. (RJ)
  • A água é a melhor bebida diet. (Bras-net, SP)
  • A água silenciosa é a mais perigosa. (Bras-net, SP)
  • A águia não se detém caçando moscas. (SP)
  • A agulha é pequena e delgada, mas sustenta uma família inteira. (CE)
  • A amar e a rezar, ninguém pode obrigar. (SC)
  • A amizade é uma gota que pinga no cálice da vida para diminuir seu amargor. (Bras-net, SP)
  • A aranha vive do que tece. (CE)
  • A arma do boi é o desgosto do homem. (Bras-net, MS)
  • A árvore se conhece pelos frutos. (RJ)
  • A assombração sabe pra quem aparece. (GO)
  • A bandeira do Corínthians é como desódorante, só vive debaixo do braço. (Bras-net, SP)
  • A beleza empolga a vida, o mérito conquista a alma. (Bras-net, SP)
  • A boa vontade faz do longe perto. (Bras-net, SP)
  • A boca fala do que o coração está cheio. (RJ)
  • A bom gato, bom rato. (MG)
  • A caixa menos cheia é a que mais chocalha. (ES)
  • A cal é virgem porque só lida com brocha. (Bras-net, SP)
  • A calunia é como carvão, quando não queima, suja a mão. (Bras-net, SC)
  • A carapuça é pra quem a veste. (RJ)
  • A caridade abre as portas do céu. (Bras-net, SP)
  • A cobra maior engole a menor. (CE)
  • A coelho ido, conselho vindo. (PE)
  • A coisa mais profunda em certas mulheres é o sono. (Bras-net, SP)
  • A colher é que sabe a quentura da panela. (MG)
  • A conta dos vivos quem faz são os mortos. (MG)
  • A corda sempre arrebenta do lado mais fraco. (RJ)
  • A coruja acha os seus filhos lindos. (RJ)
  • A cotia de tanto dar perdeu o rabo. (Bras-net, SP)
  • A couve requentada e a mulher a casa tornada jamais serão bons. (RS)
  • A culpa condena. (RJ)
  • A culpa ficou solteira. (Bras-net, SP)
  • A cultura é a única riqueza que os tiranos não podem confiscar. (Bras-net, SP)
  • A desgraça de quem pede é sujeitar-se a quem tem. (SP)
  • A dor ensina a gemer. (SE)
  • A economia começa com a falência. (Bras-net, SP)
  • A economia é a base da porcaria. (RJ)
  • A economia é a base da prosperidade. (RJ)
  • A esmola, quando é muita, o santo desconfia. (RJ)
  • A esperança é a ultima que morre, mas morre. (Bras-net, SP)
  • A esperança é a última que morre. (Bras-net, RJ)
  • A esperança é sempre a última coisa que morre. (Bras-net, SP)
  • A esperança só morre junto com a gente. (Bras-net, BA)
  • A existência é a eterna procura da felicidade. (Bras-net, RJ)
  • A experiência é mãe de todas as ciências. (RS)
  • A experiência é a mãe da sapiância. (SP)
  • A experiência vale mais que a ciência. (RS)
  • A fé nas obras se vã. (MG)
  • A felicidade está onde a pomos, mas nunca a pomos onde nós estamos. (Bras-net, SP)
  • A felicidade não é o lugar para onde se esta indo, é a viagem. (Bras-net, SP)
  • A felicidade não é um destino onde chegamos, mas sim, uma maneira de viajar. (Bras-net, SP)
  • A felicidade não traz dinheiro a ninguém. (Bras-net, RS)
  • A fome é o melhor tempero. (PE)
  • A fome faz a onça sair do mato. (MS)
  • A força da corrente está no elo mais fraco. (RJ)
  • A fórmula da felicidade é não viver do passado, nem do futuro, mas viver do presente. (Bras-net, SP)
  • A franga canta porque quer galo. (Bras-net, SP)
  • A galinha do vizinho é sempre mais gorda. (Bras-net, SP)
  • A gato pintado não se confia a guarda do assado. (GO)
  • A gente é que sabe onde o sapato aperta. (RJ)
  • A gente só fecha a porta depois de roubado. (Bras-net, SP)
  • A grama do vizinho é sempre mais verde. (Bras-net, ES)
  • A grandes males, grandes remédios. (SP)
  • A honra é como o vidro, quebrando, não solda mais. (RJ)
  • A intenção faz a ação. (SP)
  • A justiça divina tarda, mas não falha. (RJ)
  • A Kombi falando: "quando eu crescer, quero ser um caminhão". (Bras-net, SP)
  • A lã não pesa pra ovelha e a barba não pesa pro bode. (Bras-net, RS)
  • A letra prescreve, quando o pilantra assina. (Bras-net, SP)
  • A letra prescreve, quando o velhaco assina. (SP)
  • A língua bate onde dói o dente. (RN)
  • A luz no fim do túnel, é um caminhão no sentido contrário. (Bras-net, SP)
  • A má pele não se muda. (RS)
  • A má ação fica feia pra quem a faz, não pra a quem recebe. (RJ)
  • A má erva mata a boa. (RS)
  • A maneira mais rápida de se tocar uma boiada é devagar. (Bras-net, MS)
  • A mata é virgem porque o vento é fresco. (Bras-net, SP)
  • A melhor espiga é pro pior porco. (MG)
  • A melhor espiga é sempre para o pior porco. (MS)
  • A melhor esposa e a que se comporta como dama na sociedade e como uma puta na cama. (Bras-net, SP)
  • A mentira tem pernas curtas. (Bras-net, SP)
  • A moeda tem duas faces. (SP)
  • A morte faz todos iguais. (RJ)
  • A morte liquida as contas. (RJ)
  • A morte nivela todos. (RS)
  • A mulher chora antes do casamento; o homem depois. (Bras-net, RJ)
  • A mulher do vizinho é sempre mais magra do que a nossa. (Bras-net, SP)
  • A necessidade faz a lei. (RJ)
  • A necessidade faz o ladrão. (RJ)
  • A noite é boa conselheira. (RJ)
  • À noite, todos os gatos são pardos. (RJ)
  • A ocasião faz o ladrão. (RJ)
  • A ociosidade é a mãe de todos os vícios. (SP)
  • A oportunidade faz o ladrão. (MG)
  • A ordem é rica, mas os padres são poucos. (SC)
  • A paciência tem limites. (PI)
  • A palavra é como a abelha, tem mel e ferrão. (SC)
  • A pão duro, dente agudo. (GO)
  • A perseverança tudo alcança. (RJ)
  • A pessoa é grande quando respeita os pequenos. (Bras-net, RJ)
  • A pomba e o passarinho da Paz, e a mulher a paz do passarinho. (Bras-net, SP)
  • A prática faz o mestre. (SP)
  • A preguiça anda tão devagar que a miséria alcança. (Bras-net, MG)
  • A pressa é a inimiga da perfeição. (RJ)
  • A primeira ilusão do homem começa na chupeta. (Bras-net, SP)
  • A primeira pancada é que mata a cobra. (CE)
  • A quem Deus não dá filhos, o diabo dá sobrinhos. (RJ)
  • A roupa faz o homem. (SP)
  • A sorte ajuda os audazes. (SP)
  • A sorte faz parentes, escolha faz amigos. (RJ)
  • A teimosia é a forca de vontade do chato. (Bras-net, SP)
  • A terra é virgem porque minhoca é mole. (Bras-net, SP)
  • A última gota transborda o copo. (RJ)
  • A última palavra e sempre da mulher: sim senhor. (Bras-net, RJ)
  • A união faz a força. (Bras-net, SP)
  • A União faz o açúcar. (Bras-net, SP)
  • A única coisa que se deve dar de graça é bom-dia. (SP)
  • A única mulher que andou na linha o trem pegou. (Bras-net, SP)
  • A velocidade que emociona é a mesma que mata. (Bras-net, SP)
  • A verdade é como o azeite, mais cedo ou mais tarde vem à tona. (RJ)
  • A viagem é mais rápida, quando se tem boa companhia. (SP)
  • A vida é como a cebola, se descasca chorando. (DF)
  • A vida é como vaca tambeira que esconde o melhor leite. (MS)
  • A vida é uma escola, enquanto vivemos, aprendemos. (RJ)
  • A vida é uma ilha num oceano de solidão. (Bras-net, SP)
  • A vida não é um dom, é um empréstimo. (Bras-net, SP)
  • A vida tem altos e baixos. (RJ)
  • A vingança é doce, mas os frutos são amargos. (AC)
  • A voz do povo é a voz de Deus. (RJ)
  • A voz do sangue grita alto. (Bras-net, PE)
  • Abelha atarefada não tem tempo pra tristezas. (RJ)
  • Abotoou o paletó. (04) (Bras-net, RJ)
  • Abre-se um olho pra comprar e dois pra vender. (SP)
  • Abrir guarda-chuva, dentro de casa, atrai chuva na certa. (Bras-net, SP)
  • Abrir guarda-chuva, dentro de casa, dá azar. (Bras-net, RJ)
  • Acaba a amizade, quando começa a familiaridade. (GO)
  • Acaba a prudência, quando acaba a paciência. (RJ)
  • Acaba o haver, fica o saber. (Bras-net, RJ)
  • Acabou lambendo em bica. (05) (MS)
  • Acha o ladrão que todos são. (Bras-net, PB)
  • Acolá jaz a minha sogra e eu descanso em paz! (Bras-net, PB)
  • Agarrado que nem carrapato em costa de animal peludo. (AC)
  • Água de morro abaixo, fogo de morro acima e mulher quando quer dar ninguém segura. (Bras-net, RS)
  • Água fria não escalda pirão. (MA)
  • Água mole em pedra dura bate até a água acabar. (Bras-net, RJ)
  • Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura. (RJ)
  • Água mole em pedra quente evapora rapidinho. (Bras-net, SP)
  • Água mole, pedra dura, tanto bate até que a água acaba. (Bras-net, RJ)
  • Água morro abaixo, fogo morro acima e mulher devassa não tem jeito. (Bras-net, CE)
  • Água parada não move moinho. (MG)
  • Água sobre água, nem suja nem lava. (Bras-net, SC)
  • Águas passadas não movem moinho. (RJ)
  • Águas profundas são tranqüilas. (RS)
  • Agulha sem fundo não arrasta linha. (Bras-net, BA)
  • Aí é que a porca torceu o rabo. (SP)
  • Aí tem gato. (06) (MG)
  • Ainda que seja velho, não despreze bom conselho. (RJ)
  • Ajoelhou, tem que rezar. (Bras-net, SP)
  • Ajuda-te e o céu te ajudará. (RJ)
  • Alcança quem não se cansa.
  • Alegria de pobre dura pouco. (Bras-net, SP)
  • Alegria de poste é estar no mato sem cachorro. (Bras-net, RJ)
  • Alfinete pequeno em qualquer parte se esconde. (AM)
  • Alguém sempre é o chato de alguém. (Bras-net, SP)
  • Alguém sempre precisa de alguém. (Bras-net, SP)
  • Alho e pimenta fastio ausenta(m). (GO)
  • Alma sem besouro não escuta zum-zum. (DF)
  • Altas torres, belas janelas, abrem e fecham sem ninguém tocar nelas. (07) (Bras-net, SP)
  • Amai-vos uns aos outros, mas não fazei deste amor um grilhão. (Bras-net, SP)
  • Amanhã é outro dia. (RJ)
  • Amar é viver duas vezes. (Bras-net, SP)
  • Amargo como fel. (Bras-net, SP)
  • Amarra-se o burro à vontade do dono. (Bras-net, MG)
  • Amarra-se o jegue onde o dono manda. (CE)
  • Ame o seu vizinho, mas não derrube a sua cerca. (RJ)
  • Amélia é que era mulher de verdade. (Bras-net, PR)
  • Amigado com fé, casado é. (SE)
  • Amigo a gente escolhe, parente a gente atura. (GO)
  • Amigo certo é o das horas incertas. (RJ)
  • Amigo de amigo é amigo. (Bras-net, SP)
  • Amigo de bom tempo, muda com o vento. (RJ)
  • Amigo de muitos, amigo de nenhum. (RJ)
  • Amigo do meu amigo é meu amigo, amigo do meu inimigo é meu inimigo e inimigo do meu inimigo é meu amigo. (Bras-net, RJ)
  • Amigo irado, inimigo dobrado. (MA)
  • Amigo que fala verdade é espelho da alma. (SE)
  • Amigo que pede, inimigo que devolve. (SP)
  • Amigo reconciliado, inimigo dobrado. (PE)
  • Amigo remendado, café requentado. (RJ)
  • Amigos são aqueles que não te invejam. (RJ)
  • Amigos, amigos, negócios à parte. (RJ)
  • Amizade de sogra e nora, só dos dentes pra fora. (PI)
  • Amizade é como o vinho, quanto mais velha, melhor. (RJ)
  • Amor de pica sempre fica. (Bras-net, SP)
  • Amor à primeira vista. (Bras-net, SP)
  • Amor com amor se paga. (Bras-net, BA)
  • Amor de asno é coice e dentada. (RJ)
  • Amor de asnos entra aos coices e sai às dentadas. (Bras-net, SP)
  • Amor de pica fica. (Bras-net, SP)
  • Amor de rameira e convite de hoteleiro sempre custam dinheiro. (Bras-net, SP)
  • Amor é que nem fogo, quanto mais abafado melhor. (DF)
  • Amor sem beijo é como macarrão sem queijo. (Bras-net, SP)
  • Amor, com amor se paga. (RJ)
  • Anda direito se queres respeito. (RS)
  • Antártica, uma paixão nacional... como a mulher dos outros. (Bras-net, SP)
  • Antes boneca em mão de velho do que peteca em mão de moço. (RJ)
  • Antes burro vivo, que sábio morto. (RJ)
  • Antes cautela, que arrependimento. (PR)
  • Antes chorar num Mercedes, do que sorrir num ponto de ônibus. (DF)
  • Antes coxo, que perneta. (DF)
  • Antes de falar, conte até dez. (RJ)
  • Antes de ir pra guerra, reze duas vezes; antes de embarcar, reze duas; antes de casar, reze três. (Bras-net, BA)
  • Antes de matar a onça, não se vende o couro. (MS)
  • Antes de matar-se a onça, não se faz negócio com o couro. (MS)
  • Antes de tomar sopa, assopre. (PI)
  • Antes fanho que sem nariz. (DF)
  • Antes pecar, que arder. (Bras-net, SP)
  • Antes pecar, que ficar em brasa. (Bras-net, RJ)
  • Antes pouco que nada. (SP)
  • Antes que cases, vê o que fazes. (RJ)
  • Antes querido, que aborrecido. (RJ)
  • Antes rasgado do que nu. (MS)
  • Antes ser boneca em mão de velho, que peteca em mão de moço. (RJ)
  • Antes só do que mal acompanhado. (Bras-net, RJ)
  • Antes tarde do que nunca. (Bras-net, SP)
  • Antes um pássaro na mão, que dois voando. (MG)
  • Antes um toma do que dois te darei. (DF)
  • Anzol sem isca, peixe não belisca. (RN)
  • Ao menino e ao borracho, põe-lhes Deus a mão por baixo. (SC)
  • Ao rico não devas, ao pobre não prometas. (RS)
  • Ao vencedor, as batatas. (Bras-net, SP)
  • Aonde a vaca vai, o boi vai atrás. (Bras-net, SP)
  • Aonde vai o ferro, vai a ferrugem. (RJ)
  • Apartamento, esquecimento. (RJ)
  • Apontar pr'a Lua dá verruga na ponta do dedo. (MG)
  • Aporreado velho também tem dia que se entrega. (MS)
  • Aprende, pratica e serás mestre. (SC)
  • Apressado come cru e atrasado não come. (Bras-net, SP)
  • Aproveita o que diz o velho e valerá por dois o conselho. (GO)
  • Aqui se faz, aqui se paga. (Bras-net, SP)
  • Argumentar água para o mate dos outros. (MS)
  • Arrenego do amigo que encobre o meu perigo. (PI)
  • Arrenego do cavalo que se enfreia pelo rabo. (PI)
  • Arrenego do homem que a vida não ensina. (PI)
  • Árvore ruim não dá boa sombra. (GO)
  • Árvore velha não é fácil de arrancar. (GO)
  • Árvore velha não se transplanta. (RJ)
  • As 7 maravilhas do mundo na verdade são 2: mulher e pizza. (Bras-net, SP)
  • As aparências enganam. (RJ)
  • As boas ações enriquecem a alma. (Bras-net, SP)
  • As manhas do cavalo só o dono conhece. (CE)
  • As más notícias correm. (RJ)
  • As melhores essâncias estão nos menores frascos. (RJ)
  • As moscas se pegam com mel. (GO)
  • As mulheres perdidas são as mais procuradas. (Bras-net, RJ)
  • As necessidades unem, as opiniões separam. (BA)
  • As paredes têm ouvidos. (RJ)
  • As porcelanas mais resistentes são as que vão ao forno mais vezes. (RJ)
  • As trâs melhores coisas da vida: cerveja gelada, boi na invernada e mulher pelada. (Bras-net, RS)
  • As trâs piores coisas da vida: cerveja quente, boi doente e mulher da gente. (Bras-net, RS)
  • Aspa8 mole, boi gordo. (RS)
  • Assa-se o pão enquanto o forno está quente. (MG)
  • Até a formiga quer companhia. (MG)
  • Até a morte, pé forte. (RS)
  • Até aí morreu o Neves, enforcado num pé de couve. (Bras-net, SP)
  • Até que a morte nos separe. (09) (Bras-net, SP)
  • Atordoados chamam urubu de meu louro. (Bras-net, RJ)
  • Atos falam mais que palavras. (RJ)
  • Atrás de quem pediu ninguém nunca correu. (BA)
  • Atrás de tempo, tempo vem. (SP)
  • Atrás de um executivo, existe sempre uma boa mulher. (Bras-net, RJ)
  • Atrás de um grande homem, há sempre uma grande mulher. (RJ)
  • Atrás de uma bola vem sempre uma criança. (MS)
  • Atrás de uma mulher boa existe sempre um bom executivo. (Bras-net, RJ)
  • Atravessa-se o rio onde é mais raso. (MS)
  • Ausência aparta amor. (CE)
  • Azar é palavra que não existe no meu dicionário. (RJ)
  • Azarado que nem urubu sem carniça. (RO)
  • Bacalhau quer alho. (Bras-net, SP)
  • Baiano burro nasce morto. (Bras-net, BA)
  • Baixinho é o seu salário. (Bras-net, SP)
  • Banana madura não fica no cacho. (Bras-net, SP)
  • Banana madura não sustenta no cacho. (CE)
  • Bandido bom, é bandido morto. (Bras-net, SP)
  • Baralho é bicho que não tem quem amanse. (Bras-net, SP)
  • Barba ensaboada está meio raspada. (RS)
  • Barca parada não carrega frete. (MS)
  • Barriga cheia não busca conhecimento. (PE)
  • Barriga cheia não procura letra. (PE)
  • Barriga cheia, goiaba amarga. (CE)
  • Barriga cheia, goiaba tem bicho. (Bras-net, SP)
  • Barriga cheia, goiaba tem mofo. (CE)
  • Barriga cheia, pé dormente. (PE)
  • Barriga cheia, pé na areia. (Bras-net, SP)
  • Barriga vazia não conhece alegria. (GO)
  • Barriga vazia não tem orelha. (GO)
  • Barriga vazia não tem ouvidos. (MS)
  • Basta a cada dia a sua aflição. (RJ)
  • Basta mais carga pro burro entender. (PR)
  • Bata na sua mulher; você não sabe porque está batendo mas ela saberá porque está apanhando. (Bras-net, SP)
  • Batendo ferro é que se vira ferreiro. (RS)
  • Bater a alcatra na terra ingrata. (10) (MS)
  • Bater as botas. (11) (Bras-net, SP)
  • Bater na madeira isola malefícios. (RJ)
  • Bater na madeira isola o mal. (RJ)
  • Baú de mulher velha é cheio de bugiganga. (MS)
  • Beijo de menina é vitamina. (Bras-net, RJ)
  • Beijo de mulher casada tem gosto de chumbo. (Bras-net, RJ)
  • Beijo de mulher feia é que nem mordida de cascavel. (Bras-net, RJ)
  • Beijo é que nem ferro elétrico, liga em cima e esquenta embaixo. (Bras-net, SP)
  • Beijo não mata a fome, mas abre o apetite. (Bras-net, SP)
  • Beiju de massa em todo lugar se acha. (MS)
  • Beleza não põe a mesa. (Bras-net, SP)
  • Beleza não põe mesa. (RJ)
  • Beleza sem virtude é rosa sem cheiro. (MG)
  • Bem ama quem nunca esquece. (MG)
  • Bem te conheço, meu pau de laranjeira. (RJ)
  • Bens de sacristão cantando vêm, cantando vão. (SC)
  • Besteira pouca é bobagem. (Bras-net, SP)
  • Bezerro enjeitado não cheira teta. (PE)
  • Bezerro manso mama na mãe dele e na dos outros. (MA)
  • Bicho ruim não morre. (PI)
  • Bigode comprido não é trabuco. (PI)
  • Biguá em terra firme não corre, tropica e cai. (MT)
  • Boa aparência é carta de apresentação. (RJ)
  • Boa pinga não carece propaganda. (MG)
  • Boa romaria faz, quem em sua casa fica em paz. (RJ)
  • Boa vida tira rugas. (RJ)
  • Boas contas fazem os bons amigos. (RJ)
  • Boato é como fogo na campanha. (RS)
  • Boca calada é remédio. (BA)
  • Boca de ambicioso só se enche com terra de sepultura. (CE)
  • Boca fechada é um botão, aberta é um mundão. (MG)
  • Boca que fala, não mastiga. (MS)
  • Bocado engolido, sabor perdido. (RN)
  • Bocejo longo, ou fome ou sono. (BA)
  • Bode também tem barba. (RS)
  • Boi bravo, depois de morto, todo mundo segura o chifre dele. (Bras-net, BA)
  • Boi irado, na terra dos outros, é bezerra. (BA)
  • Boi mais velho é sempre culpado pela horta ser mal lavrada. (RS)
  • Boi manso novilho atropela. (MS)
  • Boi manso, aperreado, arremete. (PE)
  • Boi morto, vaca é. (RJ)
  • Boi solto lambe-se todo. (MG)
  • Boi sonso, marrada certa. (CE)
  • Boi velhaco conhece o outro pelo berro. (RS)
  • Boi, na terra alheia, até as vacas chifram. (MG)