O protetor da área azul

O protetor da área azul

 

Um titular absoluto da camisa 4 que fez parte da grande trajetória vencedora do Benfica Esporte Clube, assim podemos definir, Edivaldo da Silva Caíres, conhecido como Dedéu, o qual hoje é funcionário da ebal empresa baiana de alimentos – Cesta do povo de Barra da Estiva.

Relembra a sua fundação em 17. 10. 1987, quando foi levada a Ituaçu uma garotada em 1987 que empatou com o juvenil do judão de Ituaçu que a partir daí surge o Benfica que conhecemos hoje e que a primeira escalação do final dos anos 80 foi: Fernando, Toe Potência, Som Martins, Dedéu, Ancelmo, Néu, Jane, Paulinho, Denes, Bi e Marco de Neila, o qual faleceu em 1996, considera o União e o Estrela Vermelha os maiores rivais do Benfica, pois todas as vezes que a equipe chega a final eles torcem contra. E que a primeira partida do Benfica foi um

   2 x 2 com Ibicoara sendo os dois gols de Bi e que para ele a maior equipe foi, Nil Adobão,          Zezeca, Dedéu, Gilmar, e Evaldo, Dilsin, Didizin, Valmizin, Bar de Pedro, Paulo e Fernando. 

         Para ele a partida a partida inesquecível foi um 7 x 1 sobre o time da Placa de Barra da Estiva em 2000, com 4 gols de Delei e os restantes de Eduardo, Ba e Manoel Messias. E que Nil foi o maior treinador de todos os tempos, e que as maiores dificuldades enfrentadas foram em 1997, quando perderam vários jogadores e com a força física dos veteranos e com a experiência de Ba e Manoel Messias fizeram a diferença e foram campeões, pois para ele Ba foi o melhor jogador de sua época,

         O Benfica sempre vestiu azul e branco segundo ele por influência do treinador Nil que torce pelo Cruzeiro das Minas Gerais e que os uniformes do Benfica sempre se evoluíram com o passar do tempo conforme as coisas foram melhorando e que apesar de pouca torcida a mesma é fiel, pois estive ao lado do time nas conquistas importantes.

         Para o futuro ele espera que o seu filho jogue com a camisa 4 do Benfica e que o filho de Ba jogue com a 8 e os dois comandando o time. E em sua opinião as maiores vitórias foram 3 x 0 contra o União e a conquista de 4 x 0 contra o mesmo União e para ele foi a pior derrota um 2 x 1 para o União em que jogando pelo empate foram desclassificados na semi – final.

         Para ele havia vários jogadores que sonhava se profissionalizarem dentre eles, ele próprio e Paulinho, Denes, Gilmar, Bi e Jane, mas apenas Bi conseguiu disputar o campeonato baiano, e que seu maior orgulho é que sempre foi titular absoluto da defesa do Benfica, e considera um regional o titulo que falta no Benfica, pois para ele é o titulo que falta e que Toe Freitas, Duchinha e Toe Piti são os torcedores símbolos do Benfica e que o seu sonho é continuar sendo titular no Benfica.